Os profetas do apocalípse e suas verdades   9 comments

Como escrevi e prometi no texto “A verdade X o Ego” vou falar agora sobre os profetas do apocalípse e suas verdades. (leia-se, suas conclusões)

Para aqueles que não compreederam o texto anterior citado acima,  vou fazer um resumo do resumo para que esse texto que é em suma sua sequência seja compreendido melhor.

“A medida que o tempo passa damos e deixamos de dar importancia para uma série de fatores.  Capacitando nossa percepção e aprimorando nossa compreenção, agregamos conhecimento, evoluimos no sentido de melhora, nos tornamos humanos mais áptos as experiências de vida física e espiritual, lidando melhor com todos os seus por menores.
Quando isso ocorre, passamos a ser mais seletivos no que diz respeito ao conhecimento pois muito  a que temos acesso é mera tentativa de erro e acerto, então para quem tem consciencia de suas necessidades evolutivas não se prende as ilusões transitórias da vida material.  A separação do joio e do trigo é automática para os conscientes e necessária para o restante, caso contrário, pegaremos o caminho mais longo e dolorido do processo evolutivo.
Separado aquilo que agora tem o nosso foco de atenção e nossa crença, daquilo que já não nos importa mais, obtemos a nossa verdade.  Esse é um processo incessante, a cada instante, a cada momento que evoluimos, a cada etapa que ultrapassamos compreendemos mais e melhor nossa realidade portanto, gerando novas conclusões a cerca da existência como um todo.
Quando cremos verdadeiramente em algo, não importando em que, criamos um cenário -(tudo é criação pessoal e coletiva)- que é alvo de nossas especulações, conjecturas e opiniões. Um terreno perigoso, pois nosso ego ainda arrogante  nos faz os donos da verdade absoluta. Isso definitivamente não é real.
“A verdade, a nossa verdade é a junção de tudo que aprendemos e percebemos em nossa realidade. Nossa ilusória percepção da verdadeira realidade nos mostra a realidade como acreditamos que ela seja, não como ela é, portanto…”
“Cremos em algo logo é verdadeiro”, essa é a lógica do pensamento humano, mas como nem tudo se encaixa em nossa lógica…

 

Posto isso, vamos rumo aos “profetas da verdade” e suas teorias mirabolantes apocalípticas.

Tenho me espantado muito com o número cada vez maior de pessoas que se deixam levar pelas teorias ditas “verdadeiras” por terem origem em um determinado segmento da comunidade científica auto entitulada de “alternativa”, ou por um indivíduo que está na mídia, ou por sua suposta descoberta disso ou daquilo, ou por que simplesmente escreveu um livro com o intuito de  faturar alguns milhões, sim por que ainda não vi nenhum desses livros de dizem trazer a verdade ser distibuido de graça. 

Meu falecido pai já dizia: “Onde tem muita grana envolvida, não pode haver boa coisa”

A “Unitube” (Universidade do Youtube) anda fazendo muitos alunos mundo a fora.  Alí cada qual posta o que quer, como um site de hospedagens como outro qualquer.  Não sou ignorante o suficiente a ponto de crer que nada do seu conteúdo tenha algum valor, pelo contrário, tem sim, mas à que se utilizar de coerência e bom senso para absorver aquilo que realmete serve para alguma coisa.

Eu noto que a quantidade de pessoas com medo, perdidas em meio a tanta informação e desinformação é gigantesca. Então para ajudar os aflitos, quem entra em cena?…..os profetas da verdade!

Quando digo “Os Profetas da Verdade” me refiro a queles que impõem  uma forma distorcida e influenciada de enxergar uma determinada realidade, afinal, vivemos em uma democracia, pelo menos em teoria, sendo assim, todos tem o livre direito de expressar suas convicções, mesmo sendo elas o que são.

Não da para tocar nesse assunto, com esse contexto sem citar as conspirações.

Quando faço meus “tours” pela internet para saber sobre a reação e a opinião das pessoas diante determinado assunto percebo uma gigantesca quantidade de pessoas debatendo e discutindo não a verdade, mas um amontoado de teorias e especulações que em momento algum pode ser provado na prática, a não ser para aqueles que acreditam. Todos querem ser os donos da verdade, a arrogância impéra, ninguém quer se sentir menosprezado ou inferior, então todos tem sua versão da verdade, e o que é pior, se ofendem, xingam e brigam por isso. Alguns dizem:

“SE VOCÊ ME CRITICA É POR QUE VOCÊ ESTUDOU POUCO…, VAI ESTUDAR”…só me resta rir de uma situação dessas, afinal não há o que fazer, é assim que as pessoas se sentem, portadoras da verdade absoluta.

As teorias apocalípticas se amontoam aos milhões, talvez bilhões pela rede, mas o que é realmete verdade?…onde podemos afirmar com 100% de certeza, sem chance de erro que deternimada teoria sobre isso ou aquilo é verdadeira?  Acredito que não podemos.

Quero citar algo curioso que sempre ocorre quando questiono a “verdade absoluta” dos profetas com diploma.  Sempre que leio algum texto, independentemente do assunto procuro fazer algum tipo de comentário, demosntrando minha aprovação ou reprovação, afinal, se não quizessem elogios ou críticas que não expusessem suas opiniões.  Então pergunto:

“Tudo isso que você esta afirmando pode ser provado?….ou é somente sua opinião?…se pode ser provado, onde estão as provas?….se tudo é informação oculta, desinformação, distorção para manter a humanidade na ignorância, como sabes disso tudo?….quem divulgou está correto no que diz?….se a resposta for sim, como você pode afirmar isso com tanta convicção?…você está 100% correto em suas afirmações ou pode haver uma chance de erro?….então se a resposta for, que há chance de erros, concorda comigo que essa não é a verdade pois a verdade é absoluta e inquestionável?”

Bom quando faço essas perguntas, percebo invariavelmente duas reações; uma delas é que simplesmente me ignoram, sequer me respondem, isso me leva a crer que minhas indagações fazem algum sentido.  A outra eles me respondem assim; “pesquise, a internet está cheio de provas.”  Concluo portanto que a falta ou nenhuma das respostas citadas reflete a verdadeira convicção de seus outores ou seja, nem mesmo eles sabem se é verdadeiro ou não, estão simplesmente replicando uma informação por que acreditaram ser verídica, mas não tem certeza ou o que é pior, sequer acreditam naquilo que escrevem caso contrário seriam mais convíctos e não me responderiam com tamanha falta de embasamento. Quem sabe não seja por que esse é o tema da moda e todos querem se sentir por dentro do conhecimento de ponta não é mesmo?

Agora pergunto mais uma vez, responda-me quem for capaz:

-Quem tem a verdade nas mãos?…onde ela está?…na internet?…livros sobre teorias conspiratórias que venderam milhões de cópias e fizeram de seus autores pessoas milhonárias?….de textos e videos na internet de conteúdo altamente duvidoso, sem origem certa?….de fotos e “fatos” que dizem tudo para aqueles que acreditam mas na verdade não dizem nada?….bom cada qual crê naquilo que melhor se acomoda em sua capacidade de compreenção.  Só compreendemos aquilo que enxergamos, mas com que olhos?…acredito que essa seja a questão.

Como não podemos excluir as conspirações desse “circo” de verdades, igualmente quando falamos em olhos de ver, não podemos ignorar a espiritualidade como o caminho ou possíveis respostas para tantas perguntas. Quando deixamos de enxergar com os olhos humanos, arrogantes,  que invariavelmente tendenciam a acariciar nosso próprio ego, vemos os fatos com os olhos espirituais, pois é isso que somos, espiritos, claro segundo nosso nível de adiantamento intelecutal e espiritual, porém com uma diferença, não externamos nossa impressão, pois percebemos que essa é a nossa realidade individual. Um mundo particular onde cada qual tem a sua e a interpreta de uma forma muito particular.  Sabemos o quanto nossa capacidade humana de discernimento é limitada e atrofiada, mas mesmo assim damos todo o foco para nossa lógica em detrimento de nossas impressões mais íntimas. Cremos apenas naquilo que vemos porém nem tudo que vemos é real.  A questão moral do indivíduo tem um peso muito grande em suas conclusões finais já que, tendenciosamente enclina-se para a auto coroação de suas próprias idéias.

Quando capacitamos nossa visão interior, damos mais importancia para aquilo que sentimos e menos para aquilo que nosso olhos podem ver,  compreendendo uma realidade completamente diferente da que estavamos acostumados a perceber.

A partir do momento que isso ocorre, onde foi parar a nossa verdade anterior?…desapareceu?….não, apenas a estamos vendo com olhos diferentes, nada além disso. Evidentememte que o caminho do conhecimento é essencial para que isso ocorra, mas à que se separar devidamente o conhecimento necessário do desnecessário.  Como saber então o que é necessário e o que não é?  Bom, a minha resposta para essa pergunta é;  ” -Sei o que é necessário para mim, o que me completa, resposnde as minhas questões, meus anseios entretanto, não creio que sirva como caminho para todos da mesma forma que me serve.”   Acredito que a verdade, as respostas para todas as nossas possíveis perguntas está dentro de cada um, particularmente disposta e disponível a medida que o indivíduo de torna apto a encontrá-las e compreendê-las. 

Se isso é verdade, por que as pessoas procuram suas respostas em tudo que está fora e não dentro de si mesmos?  Acredito que isso ocorre por que somos o reflexo de todo o nosso conhecimento, então agimos como tal. Uns mais coerentes outros menos, mas todos certos até certo ponto por que suas conclusões sempre serão parciais pois a verdade não está disponível para os não aptos a tê-la.

“A IMPOSIÇÃO DE UMA DETERMINADA VERDADE OU AQUILO QUE ACREDITA-SE SER VERDADE É REFLEXO DE  IMATURIDADE INTELECTUAL E UMA CLARA DEMOSNTRAÇÃO DE UM PRIMITIVISMO DE PENSAMENTO”,…à que se perceber a carência de autoconhecimento daqueles que assim se comportam.

Eu parto do princípio que a verdade é espiritual, não material ou derivada de algo material, pois estou convicto de que a espiritualidade e suas causas antecedem em muito a existência material portanto se existe alguma verdade, ela está aí, na espirtualidade e em tudo que a compõe. Temos parte desse conhecimento disponível, dentro das crenças e religiões porém, como citei a respeito de todas as informações que nos cercam, à que se fazer a devida separação e a capacitação pessoal para compreendê-las.   Os simbolismos alegóricos nos confunde e distorcem as conclusões.  Apesar das imagens não serem simbólicas, sua imterpretações partem de um princípio individual e perticular de seu observador portanto, nem todos enxergam uma mesma imagem da mesma forma.

O que os “profetas das verdades”  fazem é disseminar a sua forma de enxergar as imagens e os fatos,  com um pouquinho de misticismo, um pouquinho de ciência que pouco compreendem, um pouquinho de crença e uma bela dose de sua opinião pessoal, eis que surgem então as verdades apocalípticas. Se fosse somente isso nada seria problema, afinal opinião é somente o que é, mas muita gente não encara dessa forma, e tomam ao pé da letra, de forma literal tudo que lê.  Bom, aí só resta o indivíduo  entrar em pânico  por que teve acesso a um tipo de informação a qual não estava preparado para receber tão pouco seu autor para divulgar.

Achar que isso ou aquilo é verdade simplemente por que um fulano de tal famoso, cheio de PHDs, títulos e doutorados  citou e disse ser verdade,  não significa que seja.  Não podemos esquecer que quem divulga tambem é humano portanto passível de erros e que suas conclusões não passam de sua opinião pessoal baseada em seu conhecimento.  Nós somos assim, adoramos dar opinião, concluir isso e aquilo mas não podemos afirmar que seja verdadeiro por que hoje pensamos de uma forma, amanhã de outra, e nossa opinião se modifica a medida que crescemos e ampliamos nosso conhecimento. 

Sócrates já dizia: “Só sei que nada sei”, isto é, quanto mais ele adquiria conhecimento e compreendia o mundo a sua volta, mais percebia que pouco sabia, pois as realidades se modificam a medida que aprimoramos as ferramentas para enxergá-la.

Antigamente acreditáva-se que a Terra era quadrada e que tudo acabava em um abismo, no entanto hoje sabemos que esse absurdo era somente fruto do pouco conhecimento que a humanidade tinha naquela época e de sua capacidade de tirar conclusões preciptadas a cera de suas imagens creditadas como fatos de fato como muitos ainda o fazem. 

Hoje, no dia 22/08/2010 data da edição desse texto,  li muitas informações absurdas iguais a essas que acabei de citar (da Terra quadrada) e o que é pior, escrita por pessoas que se dizem,…bem como eu diria,…antenadas com a realidade.  Como menconei no texto “A verdade X o Ego”;  os egos estão fora de controle, ninguém mais pensa para escrever e menos ainda quando lêem algo.

Hoje somos mais receptivos a novas realidades, temos muito mais conhecimento se comparado as eras mais remotas, hoje somos melhores e mais capazes que ontem, aprendemos, crescemos, evoluimos intelectualmente, no entanto estamos longe de ser modelos de perfeição.  Se não somos perfeitos, erramos, se erramos como podemos afirmar que aquilo que acreditamos é a verdade absoluta se mal compreendemos quem somos?  Se a maioria não sabe sequer quem é, de onde veio e a que veio, como afirmar qualquer outra coisa sem correr o risco de cometer um erro?

Como acredito e defendo a democracia, do direito de livre expressão de todos, deixo aqui mais essa opinião pessoal sobre esse assunto e espero realmente que as pessoas passem a ser mais seletivas em suas aquisições intelectuais por que isso fará de cada qual o seu futuro. Lembre-se, somos o reflexo daquilo que aprendemos. Não existe conhecimento sem compreenção, se não há conhecimento não compreende, se não compreende é por que não há conhecimento. O pseudo conhecimento é uma tentativa de entender sem ter aprendido. Saiba diferenciar uma coisa da outra pois os pseudos estão por todas as partes, sempre estiveram e estarão até que cessem de existir pela sua incapacidade natural de se materem inértes ao processo evolutivo. Chega de teorias, vamos caminhar na prática do amor e da espiritualidade. Ninguém perde em fazer o bem.

Termino esse post com um texto de Paulo Coelho; “Anjos e o Mundo Espiritual”

“Aprendemos a lutar, estamos fortalecidos pela luta. As pessoas agora voltam a falar do mundo espiritual, o que há poucos anos parecia coisa de gente ignorante, acomodada, e existe um fio invisível unindo os que estão do lado da luz. E este fio forma um cordão forte, brilhante, seguro pelos anjos, um corrimão que os mais sensíveis percebem e em que podemos nos apoiar. Porque somos muitos, e espalhados pelo mundo inteiro. Movidos pela mesma fé…continue lendo

 

LUZ E PAZ

autor ACrivelli

Anúncios

Publicado 22 de agosto de 2010 por acrivelli em pelo autor

9 Respostas para “Os profetas do apocalípse e suas verdades

Assinar os comentários com RSS.

  1. Tai nunca parei para pensar por esse lado e verdade mesmo

  2. Concordo Adriano, a qestao da selecao de conteudo na net e realmente necessaria mas i felizmente a maioria usa a net somente para diversao mas os poucos que buscam algo se deixam levar pelas primeiras luzes coloridas.
    Anonimo

  3. o txt do Paulo Coelho caiu como uma luva no seu txt adriano, ele resumiu o que vc disse: espiritualidade e atitudes, a ideia da separação daquilo que presta dq nw presta…

  4. Obrigado pelos comentários, participem sempre, e não precisa ficar somente elogiando, pode criticar tambem se quizerem…rs!

  5. Vc tem razão, quem pode afimar que sabe de tudo?…tambem acredito wue ninguem, e tudo opiniao, especulação…e isso ai!
    Parabens adriano essa e uma forma simples mas muito coerente de pensar.

  6. Apesar de fazer algum sentido eu nao concordo prefiro nao filosofar tanto e ser mais racional, obrigada.

  7. Patricia, o racional e o emocional fazem parte do que somos, você está correta em ser racional, outros em ser emocional como eu, mas no fundo no fundo, somos todos iguais…a espiritualidade não nos destingui pelas formas de nos expressarmos e sim de como utilizamos esses veículos.
    Muitas vezes sou emocional e sinto um pouco falta da racionalidade, outras sou racional e as emoções me fazem muita falta também. Portanto estamos todos certos!!!…rs
    Obrigado

  8. Olá “anonimo” não sou muito fã do Paulo Coelho, mas por um acaso (eu não acredito em acaso) encontrei esse texto e achei também que serviu muito bem para a menssagem em que eu estava tentando passar. Não sei se todos irão entender, mas se não entenderem, basta lerem novamente!
    Obrigado

  9. Muito bom, parabens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: